Aprenda a fazer Chocolate Chip Cookies

Inventado acidentalmente em 1938 pelas chef’s americanas Ruth Graves Wakefield e Sue Brides, esse cookie é famoso em todo o mundo pela sua aparência icônica e sabor maravilhoso.

Ruth colocou os pedaços de chocolate na massa pensando que iria derreter e virar biscoitos de chocolate, mas quando a receita não saiu como tinha planejado, ela acabou colocando à venda em seu restaurante. O sucesso foi instantâneo!

Ingredientes:

1 3/4 x farinha peneirada
2 colheres de chá com sal
1 colher de chá com bicarbonato de sódio

1 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de açúcar refinado
1 xícara de manteiga marrom
1 colher de sopa de extrato de baunilha
Um ovo + 1 gema
2 a 3 xícaras de chocolate em gotas

Modo de fazer:

  1. Misture o ovo e açúcar mascavo e refinado até virar uma pasta;
  2. Adicione a manteiga marrom e o extrato de baunilha, e misture até incorporar;
  3. Misture a farinha com o sal e bicarbonato de sódio;
  4. Adicione a farinha aos poucos à massa molhada até incorporar e virar uma massa homogênea;
  5. Adicione as gotas de chocolate e coloque na geladeira por duas horas até endurecer a massa. Se quiser, pode até deixar 24hr, para ficar mais gostoso;
  6. Pré aqueça o forno em 180° e forra o tabuleiro de assar com papel manteiga. Isso vai ajudar para os cookies não grudarem no tabuleiro;
  7. Com uma concha de sorvete, forme umas bolas de tamanhos iguais, e asse por 13 min em 180°. Cuide para deixar bastante espaço entre os cookies porque eles espalham e podem grudar um no outro;
  8. Com uma espátula, retire os cookies do tabuleiro e os coloquem em cima de um rack para esfriar. Se não tiver um rack, pode colocar a prateleira do forno em cima de quatro copos;
  9. Deixe esfriar um pouco para endurecerem levemente, e sirva;

Você sabia?

A manteiga marrom, considerada o ouro dos confeiteiros e padeiros, é simplesmente manteiga que foi cozida até as partículas de gordura escurecerem para um tom de mel escuro. Esse processo realça o sabor quase amendoado da manteiga. E a melhor parte é que ela pode ser usada tanto em receitas doces quanto salgadas.

Rina Martins

Escritora, cientista de comida, nerd assumida e com muito orgulho. Atualmente em Curitiba, aonde usa seu marido e amigos como cobaias em seus experimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *