A cada 40 segundos, alguém se suicida no mundo

O dado foi divulgado pela Organização Mundial de Saúde. Enquanto você lê esse primeiro parágrafo do texto, pelo menos mais uma pessoa se matou. O que você tem feito a respeito disso? A morte é inevitável, mas quando alguém tira sua própria vida, isso pode ser evitado. 

Reconhecendo a importância de lutar contra esse mal, o projeto Ômega (grupo de evangelização dos Filhos Universal) realizou uma evangelização especial, junto com o projeto Um amigo (que faz parte do Elite Universal). A ação aconteceu em todos os estados que têm o Filhos Universal, e fez parte da campanha do Setembro Amarelo, que busca divulgar a valorização da vida. 

Com essa evangelização, o grupo Ômega e o Um Amigo tiveram como objetivo levar esperança e luz para quem têm vivido em profundas trevas, chegando a pensar em tirar sua própria vida.  

Os filhos foram às ruas entregar panfletos com frases positivas e acolhedoras, além de exporem cartazes com dizeres que mostravam motivos para viver. Participaram 234 voluntários, que entregaram mais de 4 mil panfletos.

Muitos chegam a pensar no suicídio por enfrentarem um processo de depressão e não veem mais sentido em nada. A angústia no peito e o vazio na alma que um depressivo sente foi combatido nesta evangelização. Jesus foi apresentado a quem passava nos locais da ação e assim todos tiveram uma oportunidade de saber que existe razão para viver.

“O dia 21 de setembro ficou marcado na minha vida, pois tive a oportunidade de falar sobre um assunto que vem afetando muita gente nos últimos tempos, a depressão. Conversei com algumas pessoas que que passam por isso e pude ver a felicidade delas ao se sentirem lembradas e ver que são importantes. Tenho certeza que as palavras que saíram de nossas bocas ficaram plantadas nos corações de cada uma. Almas foram ganhas para o reino de Deus.” – Amanda França, Salvador. 

“Foi muito gratificante poder evangelizar de uma forma diferente, conscientizar as pessoas sobre a prevenção contra o suicídio.” – Valéria Mendes, Rio Grande do Norte. 

“Uma moça que estava pensando em suicídio  foi alcançada pelas cartinhas que estávamos distribuindo e nos pediu ajuda. Muitas pessoas nas ruas elogiaram o trabalho que estava sendo realizado, pois sabem que é grande o número de pessoas com depressão na nossa cidade.” – Ana Victoria, Santa Catarina. 

“Saímos da catedral e andamos 1km até o Parque dos Bilhares. No caminho paramos em alguns sinais de trânsito, com cartazes e peça teatral e entregando cartões nos carros que paravam. Chegando no Parque colocamos as cartas em locais estratégicos e algumas pessoas que estavam sozinhas sentadas nos bancos nos paravam para conversar e ajudar.  Foi uma tarde especial, tenho certeza que almas foram salvas neste dia para honra e glória de Deus.” – Gabriel Santos, Amazonas. 

Um Amigo – O projeto teve início em julho de 2016, com a campanha #suicídionão, que tinha como objetivo minimizar a hashtag #suicídio e espalhar um novo conceito de vida. 

O principal foco do grupo é alcançar pessoas que precisam um amigo, mas não sabem onde encontrar alguém verdadeiro. No projeto, Jesus, o fiel e amoroso Amigo, é apresentado a elas. 

O Um amigo realiza atendimento através da internet. Conversa com pessoas que estão passando por um processo depressivo, pensam em se matar ou se auto mutilam. Pessoas de 18 a 24 são as que mais procuram o projeto. Em segundo lugar estão os adolescentes de 13 a 17. 

Um total de 500 atendimentos é a média mensal do Instagram do grupo. Pelo Facebook,  são cerca de 350 conversas. Ainda tem o Tumblr, com 100 atendimentos. 

Para quem tem interesse em acompanhar o trabalho do projeto ou até pedir ajuda, o instagram é _umamigo, o facebook e o Tumbkr são “Um Amigo”

Lembre-se: Jesus já morreu na cruz para nós vivêssemos, o único que quer acabar com nossa vida é o diabo, não vamos dar esse gosto a ele. Diga não ao suicídio e sim a vida. 

E se você não passa por isso, mas conhece alguém que deseja morrer, não hesite apresente um Amigo para ela. 

Veja abaixo as fotos da evangelização nos Estados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *