Quando reformamos ou decoramos um ambiente cada etapa merece uma atenção especial. As paredes são a superfície que se apresenta em maior proporção, por isso dedicaremos esse post a te auxiliar na escolha da melhor solução para personalizar e modernizar seu quarto.

O mercado apresenta inúmeras opções, mas qual é a mais indicada?

Antes de escolher, é preciso considerar outras variáveis além do preço: a facilidade de aplicação, a conservação, limpeza, resistência a sujeira e a comodidade na hora de remover esse acabamento, que é super importante, principalmente para quem mora em residência alugada.

Listamos as principais soluções e suas vantagens:

– Papel de parede: Apresenta inúmeras opções de estampas e cores, possibilita limpeza (apenas os laváveis), é relativamente fácil de remover e tem boa durabilidade, entretanto, o custo é elevado, não possibilita fazer pequenas emendas e é recomendado a aplicação por um profissional. Além disso, algumas linhas saem de produção e não te permitem substituir em caso de manutenção.

– Tecido: Possui variedade, o custo é relativamente baixo e pode ser aplicado facilmente, entretanto costuma deixar resíduos na parede durante a remoção e a limpeza é dificultosa. Não é indicado para quem tem problemas respiratórios ou em ambientes com umidade.

Adesivo colante: Apresenta várias opções de cor e estampa, é fácil de limpar e instalar. O preço não é muito convidativo, próximo ao papel de parede, e durante a remoção pode haver a retirada de partes da pintura e até do emassamento da parede.

– Pintura: Solução com melhor custo benefício e facilidade de aplicação, possibilita a criação de inúmeros padrões e estampas e a alteração é simples. Deve-se ter cuidado durante a limpeza com as demais superfícies e móveis. A pintura pode ser realizada com auxílio de carimbos ou gabaritos para criar diferentes padrões e estampas semelhantes ao papel de parede.

Uma técnica muito usada atualmente é com estêncil, que pode ser comprado pronto ou feito com auxílio de uma folha de acetato ou radiografia antiga, onde você recorta o desenho que deseja e usa como molde para adicionar a segunda cor. Também é possível utilizar fita crepe e criar desenhos aleatórios ou uma parede geométrica. Se você não gosta de se arriscar use o padrão de duas cores e se quiser ir além usar tons próximos dá um resultado excelente.

Gostaram das dicas? Nos vemos na próxima!

Colaborou: Maria Lima

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here