Certa vez, perguntei a uma amiga o que eu precisava mudar. Sincera e cuidadosa com as palavras, me revelou algumas verdades que eu precisava saber. E confesso, que me causou muito efeito. Imaginei que se não tivesse perguntado, não receberia aquela resposta.

No mesmo instante, recebi o conselho. E isso teve um enorme efeito em mim.

Ás vezes, você diz “Me conheceu assim, não vou mudar!”, um erro cometido, porque se esse for o seu pensamento, você está contribuindo para o mal.

Vamos meditar neste versículo:

“Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.” (Tiago 4:7)

Quando estamos cheios de nós mesmos, cheios dos nossos achismos, afastamos mais as pessoas do que aproximando. Talvez, já te disseram que o seu defeito, a sua forma de agir tem te prejudicado, não só em meio as pessoas, mas na sua vida espiritual e você resiste, não olha como uma orientação.

Tudo para você é demais, pensa que estão cuidando da sua vida ou te perseguindo e, então, começa a fugir das pessoas, não querendo saber de opiniões. São nessas horas que sutilmente, o diabo arma, distorce a situação, cega, começa a lançar pensamentos e investe na malícia, nos maus olhos.

E você? Nem percebeu.

Ouvir é preciso. Receber advertência é necessário.

Se eu tivesse dificuldades em receber aquelas orientações da minha amiga, pode ter certeza que haveria algo de errado. Por isso, não hesitei em me analisar, em avaliar o meu interior. Pensei comigo mesma: Será que eu realmente sou assim? Em quais momentos ajo desta forma? E o Espírito Santo foi me mostrando quais eram as minhas debilidades, as minhas fragilidades.

O versículo é claro, se eu me sujeito a Deus, eu mudo e, consequentemente, melhoro como pessoa. Busco agradá-Lo em todos os sentidos e o resultado é bom e agradável.

Mas, se eu não estou disposta a ouvir, não quero mudar, o que prejudica a mim e ao meu proximo, ou seja, estou me sujeitando ao diabo. Porque ele é quem contribui para o fracasso, a destruição da minha própria vida, tanto física, quanto espiritual.

Reflita:

A quem você tem se sujeitado? Com quem você tem contribuído: Deus ou o diabo? O que você tem carregado dentro de você? Quem está tomando as rédeas da sua vida?

Não é vergonha aceitar que você tem erros e defeitos. Vergonha é dizer ser de Deus e nao ter zelo pela sua própria alma!

Olhe para dentro do seu ser, se analise. Se tem dificuldades, fale com Deus, peça ajuda, Ele te mostrará.

Até mais, juntos na fé!

Isabel Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here