“Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.” (Gn 12:1)

“E disse o Senhor a Jacó: Torna à terra dos teus pais e à tua parentela, e eu serei contigo.” (Gn 31:3)

Por que Deus teria ordenado que um saísse e que o outro voltasse?
Dois Homens, duas direções, um só caminho…
A história desses dois personagens, não está ligada apenas pelos laços sanguíneos que os une, mais que isso, ambos traziam dentro de si um desejo latente: Escrever uma nova história!

Abrão carregava consigo a frustração de não ter filhos, situação humilhante e vergonhosa para os costumes da época, principalmente sendo ele o homem que chamou a atenção de Deus por sua fidelidade. Jacó carregava no nome a marca do engano e da mentira, apesar do valor que ele deu a benção de Deus, vivia fugindo, por não ter esperado Nele a realização de seus sonhos.

Um tinha um caráter reto, o outro, um espertalhão de marca maior…
Deus era o Senhor de um, mas do outro, apenas o Deus de seu pai.
Um precisou sair de sua terra, o outro precisou voltar pra lá.

Deus falou de forma diferente a homens diferentes. Até aí nenhuma surpresa, afinal, Ele conhece cada um de nós e sabe de nossas necessidades; conhece nossa condição espiritual, e nossas intensões; sabe de nossas fraquezas e também de nossos mais profundos sonhos.
Apesar de direções tão opostas, o caminho era um só, e levaria a um único lugar: O local do Sacrifício.

Em hebraico, a palavra mais frequentemente usada para sacrifício, significa: Aproximar-se.
Este foi o caminho ordenado por Deus para aqueles homens, o caminho que os levaria a aproximar-se Dele, a conhecê-lo de fato e de verdade.
Ao seguir por este caminho, Abrão tornou-se Abraão, deixando de ser apenas um homem fiel e abençoado para tornar-se a própria benção, amigo de Deus, o pai da fé!
Jacó também trilhou este caminho, chegando ao Vau de Jaboque, ficou a sós com Deus, deixou seus medos de lado para lutar, fez Dele seu Senhor, recebeu enfim a benção que tanto desejava; tornou-se Israel, pai de nações.
Não importa quem você seja, ou a ordem que Deus tenha te dado, se você seguir pelo caminho do sacrifício, em obediência a Sua Palavra, irá aproximar-se Dele de tal forma, que nunca mais sua vida será a mesma, terás um Novo Nome e uma Nova História!
Colaborou: Cinthia Mesquita de Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here