“Assim, passou o presente adiante dele; ele, porém, passou aquela noite no arraial. E levantou-se aquela mesma noite, e tomou as suas duas mulheres, e as suas duas servas, e os seus onze filhos, e passou o vau de Jaboque. E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha. Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu.” (Gênesis 32:21-24)

Jacó vivia rodeado de pessoas. Ele era um homem rico e por isso era cheio de bens. Porém toda essa riqueza e as muitas companhias não foram suficientes para acabar com o medo que ele sentia do irmão.

Mas ai você pode pensar: “Mas ele tinha muitos servos, muitas pessoas que podiam proteger ele!”

Pois é, mas quando não temos um encontro com Deus, quando somos Jacó ao invés de Israel não importa quantos seres vivos queiram te socorrer ou te ajudar, o medo é algo constante em você.

Mas o que fazer para se livrar disso ou de qualquer outra característica de que só quem é Jacó possue?

Só existe uma maneira: fazendo o que Jacó fez. Ficando sozinho.

Não existe outra forma de conhecer a Deus, de ter um encontro com Ele se não for abrindo mão de tudo o que você tem.

Já tentou por diversas vezes deixar o pecado e não conseguiu? Você sacrifica por causa dos seus pais ou porque sabe que sua vida depende disso?

Para e pense: O que você tem que deixar? Qual amizade, namorado ou pecado tem te impedido de se entregar para Deus?

Deus não quer seu dinheiro, quer sua vida. Jacó não ofereceu nenhum sacrifício material no momento em que brigou com Deus. Ele só ofereceu a vida dele. Ele ficou na total dependência Dele.

Colaborou Jéssica e Pires e Rayane Araujo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here