“E eis que o Senhor estava em cima dela, e disse: Eu sou o Senhor Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque; esta terra, em que estás deitado, darei a ti e à tua descendência.” (Gênesis 28:13)

Observe que o Senhor se apresenta até Isaque. Em outras palavras, Ele era o Deus apenas do avô e do pai de Jacó.

Jacó, espertamente, conquistou a benção do seu pai. Ele alcançou o que precisava para ter acesso a promessa material que acompanhava sua família, mas sua esperteza não foi suficiente para fazê-lo conhecer a Deus.

Hoje em dia, não é diferente. Quantos filhos de pastores conhecem apenas o Deus do seu pai. Conhecem a Palavra e até sabem usar a fé para conquistar o que precisam, mas não podem dizer que estão salvos.

De nada adianta você ter isso e aquilo, ser uma pessoa bem sucedida financeiramente e ter uma família abençoada se você não tiver uma experiência pessoal com o Senhor.

Viver uma vida dupla – dentro de casa e da igreja ser uma coisa, mas fora outra – pode fazer o mundo te considerar uma pessoa esperta, mas lembre-se: esperteza não vai te levar pro céu.

Para ser salvo é preciso que você reconheça o quanto está distante de Deus, e faça como Jacó: abra mão de tudo para ter um encontro com Ele.

Só assim, você poderá ouvir a mesma coisa que Jacó ouviu:

“Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste.” (Gênesis 32:28)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here