As guerras que passamos mostram exatamente quem somos, o que queremos e o que nos tornamos. Elas são dolorosas, parecem não ter fim, e quando olhamos para a situação nos sentimos impotentes. É justamente nesta hora em que somos provados e descobrimos até aonde vai a nossa fé!

Existem momento que o nosso coração aperta, uma forte pressão é gerada em nossa mente e nos perguntamos até aonde vai nossa força.

Um revoltado é aquele que crê na manifestação do Poder de Deus. Não duvida da Sua extrema capacidade de fazer acontecer além daquilo que se imagina.

O revoltado não aceita a injustiça na sua vida e parte pra cima com toda força, não se intimida diante dos seus adversários, é destemido.

Talvez, você ainda não tenha descoberto o que há dentro de si, porque tem se levado pelas circunstâncias.

Certa vez em minha vida, passei por um momento de tribulação que me deixava angustiada e muitos outros problemas começaram a surgir. Dentro de mim achava que não podia resolver aquele caso, duvidava de mim mesma e ficava estagnada no tempo, prostrada e sem reação.

Mas ao mesmo tempo que ficava isolada, algo muito forte me incomodava para reagir, sabia que era a voz do próprio Deus falando comigo e ai, joguei tudo para o alto e corri até o Altar do Todo poderoso. E ali, Ele fez justiça na minha vida!

Naqueles momentos de aflição eu praticava a autocomiseração (se fazer de coitado (a), achar que as pessoas devem sentir pena de você) e achava que dependia de alguém para seguir em frente. Mas Deus permitiu que eu passasse por este deserto para que eu me conhecesse de verdade e descobrisse que tinha um gigante dentro de mim.

Ainda que tudo ao seu redor pareça difícil, não temas, pois Deus é com você!

“Não temas, porque eu contigo; não te assombre porque eu sou teu Deus; te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.” (Isaías 41:10)

Aprendi uma frase inspiradora e MUITO salvadora que me ajuda até hoje nas lutas: Eu sou de Deus, eu posso mais e Deus é comigo!

Quem é você diante das lutas? E quais são as suas reações diante delas?

Juntos na fé, até mais!

Por Bell Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here