Falou-me ainda o Senhor, dizendo: Atentei para este povo, é eis que ele é povo de dura cerviz. (Deuteronômio 9:13)

A cerviz na anatômia humana é a região posterior do pescoço, ou seja, a nuca. O termo se dá por conta das vértebras cervicais, estas dão sustentação ao pescoço. Quando há uma lesão grave nessa região ocorre a paraplegia, ou a tetraplegia.

Se você já teve o desprazer de ter uma torcicolo sabe como é difícil fazer qualquer movimento com o pescoço, até os movimentos mais simples são extremamente difíceis, porque o pescoço está enrijecido.

O povo de Israel tinha a sua cerviz dura, ou seja, não conseguiam e não queriam abaixar a cabeça nem se flexionar aos mandamentos de Deus. Eles estavam em um estado de “torcicolo permanente.”

Não se submetiam aos profetas e nem a Palavra de Deus, ao contrário, eram orgulhosas, prepotentes, soberbas, de olhar altivo, faziam o que queriam. E no fim todos nós sabemos o terrível mal que se abateu sobre todos eles. Foram humilhados, exilados, cativos, quase destruídos por não quererem se submeter e abaixar a sua cabeça.

O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz será quebrantado de repente, sem que haja cura. (Provérbios 29:1)

A nossa cerviz deve ser flexível, ás vezes precisamos erguer os olhos para os montes, as vezes devemos apenas nos curvar.

Por Gabriel Souza

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here