Além de ser uma mulher rica e linda, Sara era casada com um homem que amava, mas sua vida não foi nada fácil, pois ela teve que abandonar sua família, sua cidade e trocar o certo pelo duvidoso.

Infelizmente ela sofreu muito por não poder ser mãe e dar descendência ao seu marido. E para piorar, Sara presenciou sua serva grávida do seu amado (mesmo a ideia tendo partido dela, com certeza, o coração de Sara se desmanchou de dor).

Quando Agar deu à luz, começou a desprezar sua senhora, e pouco tempo depois foi mandada embora, pois a convivência entre as duas estava se tornando insuportável.

Um homem ou mulher de Deus deve sempre saber o seu lugar. Servi-Lo é sempre uma honra e você pode fazer isso de várias maneiras: evangelizando, limpando a igreja, atendendo uma pessoa, negando suas vontades para fazer as de Deus, tendo bons olhos etc.

Tudo o que fazemos é uma oferta, desde que você se coloque no lugar de servo.

Servir ao nosso semelhante é servir ao Senhor, então sempre que fizer algo para alguém faça com prazer, não caia no erro de parar de se doar, lembre-se: quem dá recebe.

Ser servo para o mundo é humilhante, mas para nos que servimos a Deus ser servo e uma honra!

“…Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;
E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;” (Mateus 20:26-27)

Por: Jaqueline Aragão

1 Comentário

  1. Muito forte! Realmente, quando deixamos de buscar e fazer a vontade de Deus, a gente se torna senhor de nós mesmos e acabamos fazendo tudo errado, desagradando a Ele e atrapalhando o progresso da Sua Obra..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here