Várias e várias vezes ouvimos pessoas falando mal de outras, seja pelo o que elas fizeram ou que deixaram de fazer. E dependendo da fofoca, por não sabermos o lado da pessoa falada, acabamos acreditando e espalhando para outros também. Fazendo então a mentira se torna verdade.

O tanto de gente que começa a olhar com maus olhos faz o próprio membro não querer estar perto das outras pessoas daquele grupo. Acaba que quem precisava de ajuda se afasta, por culpa daqueles que ao invés de estender a mão condenam.

Vocês já pensaram que Deus nunca quis que a gente olhasse as pessoas com esses maus olhos? Pois se Ele mesmo tivesse feito isso o próprio ladrão que estava crucificado ao lado de Jesus não seria salvo.

“Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vós que sois espirituais, deveis restaurar essa pessoa com espírito de humildade. E cuida de ti mesmo, para que não sejas tentado também. Levai os fardos uns dos outros e assim estareis cumprindo a lei de Cristo.
Pois, se alguém pensa ser importante (alguma coisa), não sendo nada, engana a si mesmo.
Mas cada um avalie seu próprio procedimento e, então terá motivo para orgulho somente em si mesmo e não nos outros; porque cada um carregará o seu próprio fardo.” (Gálatas 6:1-5)

Precisamos estar prontos para salvar com o nosso espírito a outros que precisam ser salvos, e jamais julgar aquelas pessoas com o que já falaram para você ou pelo que ela já fez.

Se Deus perdoa, quem somos nós para não perdoa? Usem suas palavras para salvar e não para condenar.

E se mesmo se te contarem uma fofoca, ou o que a pessoa fez ou deixou de fazer, você pode simplesmente falar: “O que eu tenho a ver com isso?”

Siga sua vida, e com seu espírito cative a quem está passando por problemas e precisa de ajuda.

Deus abençoe a todos.

Por: Aline dos Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here